terça-feira, 20 de dezembro de 2011

Um curta de zumbi em primeira pessoa


Se você já jogou videogame, provavelmente já conseguiu atirar em zumbis em games como Resident Evil, utilizando a visão de primeira pessoa. Em uma experiência similar, o jornalista e crítico de cinema Gabriel Carneiro fez um curta-metragem de 14 minutos chamado Morte e Morte de Johnny Zombie. Na pele do próprio zumbi Johnny, o espectador é induzido a passar pela experiência de transformação em um monstro morto-vivo.

O filme é estrelado por Joel Caetano, que convence em sua atuação que mistura o comportamento humano saudável e o ímpeto canibal do morto-vivo. Gabriel traduz em suas lentes a visão do próprio Johnny de Caetano, tirando a perspectiva tradicional de filmes de terror, que focam quase sempre nas vítimas dos monstros. O argumento do roteiro foi desenvolvido por Marília Passos, que já colaborou no Bola da Foca

A trilha sonora é assinada por Felipe Vilasanchez, que aposta em uma canção milimalista com uma falsa sensação de calma. Pude conferir o curta no festival 6º Cinefantasy, no Centro Cultural Vergueiro. Se você quiser saber mais detalhes, veja a fanpage no Facebook e o trailer, logo abaixo.




Posts mais lidos