domingo, 5 de fevereiro de 2012

[COM SPOILER] A personalidade eficiente e controladora do Hoover de Clint Eastwood



Maquiagem pesada, envelhecimento e dureza em frases que parecem discursos. Esse é o retrato de J. Edgar Hoover pintado pelo ator Leonardo DiCaprio e pelo diretor Clint Eastwood, que se aventura em filmes criativos, polêmicos e bem autorais. 

Poderia fazer uma resenha superficial sobre o filme que ilustra o homem workaholic que formou o FBI moderno e que pensava sempre em uma sociedade de controle, mas não resisto e preciso fazer um texto mais reflexivo sobre esse personagem controverso.

Se você não quer saber detalhes importantes do roteiro de J. Edgar, vá ver o filme e pare de ler o texto agora. Se já viu o longa e quer discutir sobre a obra de Eastwood, clique no título do texto.

O filme, que retrata uma das instituições mais importantes da segurança dos Estados Unidos, começa com um relato nostágico de Hoover sobre seus primeiros anos no Bureau. Logo nessa primeira arrancada do roteiro, Eastwood mostra a personalidade escandalosa tanto de J. Edgar quanto da época em que ele viveu: A síndrome do "anti-bolchevismo" e a perseguição aos homens de esquerda na política que se tornou uma bandeira para tentar criminalizar negros, como Martin Luther King, e monitorar presidentes. 

O velho Hoover tornou-se, tanto na biografia oficial quanto na ótica de Clint Eastwood, um homem temido e escravo de sua própria fama. Quando o filme adentra nas particularidades do maior diretor do FBI, que permaneceu 37 anos no cargo, revela-se um homem que não assume sua homossexualidade, que não consegue se aproximar intimamente de mulheres e que é viciado em trabalho. Seu único laço afetivo é com sua secretária, que o serve como se fosse sua própria mãe, e com o número dois da organização, chamado Clyde Tolson.

Com esse quadro, o filme joga, constantemente, as impressões que J. Edgar Hoover tinha de si mesmo com algumas fragilidades de sua própria personalidade. Por isso, a narração leva o espectador a tentar entender, pelas próprias confusões da memória do personagem, quem foi o diretor do FBI.

Tolson e Hoover conviveram com suspeitas públicas de que tinham uma relação homossexual. Eastwood assume uma postura diante da biografia do líder do FBI: Diz que ele é, na verdade, um gay enrustido que chegou a morar junto com Clyde. J. Edgar Hoover pode até não ter tido relações sexuais com seu funcionário, mas, na versão do filme, é um homem que não consegue se ligar com nada que não pertença ao Federal Bureau of Investigation.

O filme de Clint Eastwood não se empenha apenas em relatar uma personalidade controversa em suas cenas, mas mostra também a força positiva do trabalho de Hoover no FBI. Ele criou uma organização formada por advogados formados, cientistas e homens com mérito profissional. Ele quis uma polícia científica que se esforçasse em punir todos os criminosos perigosos ao país. Além de toda essa força na coordenação, Hoover também fez uma propaganda muito positiva da organização, se posicionando como um homem que combateu a máfia, o comunismo e todos os poderes que ameaçaram o modo de vida americano.

Mesmo com essa face positiva, o personagem de Eastwood é um pouco amargo e melancólico, com toda a contradição de sua própria vida diante de si. Um exemplo dessa personalidade triste é que o próprio J. Edgar tinha um arquivo com várias provas forjadas contra os presidentes dos EUA, caso eles tentassem ameaçar o FBI. 

Quando morre, Hoover ainda consegue que sua secretária apague toda essa documentação, para evitar que seu nome fique sujo. Ele passa por diversas presidências americanas sem ser punido por levar até inocentes para a cadeia. Por conta desse comportamento duro e opressor, o FBI nunca mais teve diretores que ficaram em seus cargos por mais de uma década.

Com esse retrato obscuro, Clint Eastwood consegue fazer um filme maduro sobre história americana, homossexualismo, contradições e como as ideias humanas persistem em um único personagem da cultura dos Estados Unidos. É irônico que um filme desses saia na atualidade, após os ataques do grupo Anonymous, que tentaram revidar a prisão que o FBI fez com o dono do site Megaupload, sob acusação de pirataria. Controle é um assunto muito atual

2 comentários:

Lin Liu disse...

cheap soccer jerseys
bottega veneta handbags
michael kors handbags,michael kors outlet,michael kors outlet online,michael kors,kors outlet,michael kors outlet online sale,michael kors handbags clearance,michael kors purses,michaelkors.com,michael kors bags,michael kors shoes,michaelkors,cheap michael kors 
michael kors factory store,michael kors outlet online sale,michael kors,kors outlet,michael kors outlet,michael kors handbags,michael kors outlet online,michael kors handbags clearance,michael kors purses,michaelkors.com,michael kors bags,michael kors shoes,michaelkors,cheap michael kors
cheap oakley sunglasses
moncler jackets
ravens jerseys
chanel outlet
miami dolphins jerseys
new york jets jerseys
air max 2015
dan marino jersey,louis delmas jersey,brent grimes jersey,cameron wake jersey,mike wallace jersey,dan marino jersey,cameron wake jersey
nfl jerseys wholesale
michael kors bags
michael wilhoite jersey,y.a. tittle 49ers jersey,justin smith jersey,nike 49ers jersey
bottega veneta wallet
hermes belt
lebron james jersey
giants jersey
ugg boots clearance,ugg australia,uggs on sale,ugg slippers,uggs boots,uggs outlet,ugg boots,ugg,uggs
nike soccer shoes
custom mlb jerseys
nike trainers,nike trainers uk,cheap nike trainers,nike shoes uk,cheap nike shoes uk
nike sneakers
ray ban sunglasses outlet,ray ban sunglasses,ray ban,rayban,ray bans,ray ban outlet,ray-ban,raybans,ray ban wayfarer,ray-ban sunglasses,raybans.com,rayban sunglasses,cheap ray ban
gucci outlet
coach outlet canada
coach outlet
longchamp handbags
oakley sunglasses, http://www.oakleysunglasses-outlet.us.com
liu2015828

chenmeinv0 disse...

oakley vault
the north face outlet
michael kors handbags
adidas originals shoes
michael kors outlet clearance
nike outlet store
cheap ray bans
birkenstock shoes
adidas outlet
ray ban eyeglasses
hzx20170517

Posts mais lidos