domingo, 19 de junho de 2011

Movimentos sociais se unem na Marcha da Liberdade em cidades brasileiras


Depois de polêmicas com a Marcha da Maconha em São Paulo, manifestantes de inúmeras vertentes se uniram ontem na Marcha da Liberdade. Movimento uniu diversas vertentes - de movimentos feministas, gays e outros segmentos - em 40 cidades brasileiras neste último sábado (18).

Pessoas usaram faixas, cartazes, adereços, malabares e megafones. Os participantes chamaram a atenção da população e convidavam moradores e frequentadores do bairro a se juntar ao grupo, com gritos de “Vem pra liberdade”.

Segundo a organização dos eventos, a ideia era defender a descriminalização do uso da maconha. O movimento ganhou o apoio de outros movimentos e mudou de nome. Nessa última semana, o Supremo Tribunal Federal decidiu liberar marchas pela descriminalização das drogas no país.

Informação via Agência Brasil

Nenhum comentário:

Posts mais lidos