quarta-feira, 29 de abril de 2009

Na moda: Trompe o quê?

Por Bruna Caricati

O sucesso nas passarelas das semanas de moda foi o *“trompe-l’oeil” (engana os olhos). O termo, originário de uma expressão em francês, assusta, mas seu efeito visual diverte!

Este ano, várias marcas, como Fause Haten, Ronaldo Fraga e Maria Bonita, absorveram a prática do trompe-l’oeil e transferiram a arte para suas coleções, porém, o que se confirmou tendência já podia ser visto em t-shirts espalhadas pelo mundo. Basicamente, o efeito consiste em causar uma ilusão de óptica ao mostrar, nas peças, objetos ou formas que na verdade não existem. A técnica, já antiga, é utilizada na arquitetura e na pintura, para, principalmente, dar impressão de profundidade. Camisetas com desenhos imitando gravatas, bolsos, cintos, botões ou colares são alguns dos exemplos. Essas imagens, quando bem-feitas, têm a plena capacidade de driblar nossa percepção, fazendo com que realmente pareça que há um adorno sobreposto. Mas, na moda, a intenção é, principalmente, surpreender e fazer graça, sem compromisso com a técnica. Tais detalhes dispensam os acessórios. Além de ser divertida, é uma alternativa prática para quem quer um look “pronto”, pois, geralmente, não é necessário acrescentar nenhum ornamento a mais à produção.

Essa técnica foi implantada nas indumentárias pela estilista italiana Elsa Schiaparelli, na década de 1930. Influenciada pelo modernismo, movimento artístico de sua época, Schiaparelli misturava em suas criações características dadaístas e surrealistas, tendo como referência o artista plástico Salvador Dali. De uma mente revolucionária surgiu a obra do trompe-l’oeil nas vestimentas, o que adicionou criatividade e irreverência ao mundo da moda, que se tornava cada vez mais sólido e livre. Já nas pinturas, a arte de enganar a visão foi bastante aplicada em domos de igrejas e em murais, o que conferia maior amplitude visual ao ambiente. Não há dúvidas de que a ilusão de óptica tornou-se um instrumento intrigante e muito bem explorado no campo das artes. Aposte!

* Pronúncia: trrromp loeii
Matéria originalmente publicada na revista Profashional

5 comentários:

Lidia Zuin disse...

isso me lembra uma camisetinha da renner com uma grata desenhada.. não acho mto digno

Fê Meirelles disse...

eu gosto :) não de camiseta com gravatinha, claro!
achei linda essa com o lenço palestino!

jorge telles disse...

Lidia Zuin,

você é muito chata. Não tanto quanto os textos do Pedro, mas é muito chata!

Abraços,

Jorge Telles

Lidia Zuin disse...

acontece...

Rafael Cabral disse...

Isso a'é coisa de fruta.

Posts mais lidos