segunda-feira, 16 de maio de 2011

Fernando Henrique Cardoso, Dráuzio Varella, Paulo Coelho e a mentalidade da Guerra contra as Drogas


A guerra contra as drogas e contra o crime organizado traz opiniões fortes sobre a legalização ou a criminalização de entorpecentes. Em um documentário ousado, chamado Quebrando o Tabu, trata sobre uma defesa possível da comercialização de drogas. O material foi produzido pelo apresentador de TV Luciano Huck e dirigido pelo cineasta Fernando Grostein Andrade. O que mais impressiona, de cara, são os depoimentos dos personagens do filme.


O material deve ser lançado no dia 3 de junho deste ano. O ex-presidente FHC afirmou que mudou de ideia sobre a questão das drogas, depois de liderar o Brasil, e diz que a luta contra o tráfico é uma luta perdida. O médico famoso por participações no programa Fantástico, Dráuzio Varella, defende a tese que o viciado é um doente, não um criminoso. Paulo Coelho alerta para as consequências do uso - por experiência própria. O filme defende a legalização, mas defende também uma conscientização maior sobre os usos e desusos dessas substâncias na história, que continuam com as sociedades, sendo proibidas ou não.

Não é nada que você não tenha pensado, mas vale assistir, talvez. Mesmo que você seja contra a liberação das drogas ou diretamente contra as opiniões deste material.

Via Exame

Nenhum comentário:

Posts mais lidos