sexta-feira, 24 de outubro de 2008

Panorama Eleições 2008: Caso São Paulo - quem é Gilberto Kassab?

"Segundo a pesquisa, 61% da população considera ótima ou boa sua gestão. A alta de Kassab foi obtida em boa parte durante a campanha eleitoral, ocasião em que o prefeito foi dono do maior tempo em TV e rádio no programa eleitoral gratuito".

"Pela pesquisa, Kassab tem hoje 25 pontos percentuais a mais do que a votação obtida no primeiro turno. O prefeito, que domingo teve 33,61%, atinge hoje 59% dos votos válidos. Marta, por sua vez, subiu apenas oito pontos: dos 32,79% saídos das urnas para os 41% registrados na pesquisa".

"O Datafolha ouviu 1.906 eleitores entre terça e quarta-feira (8). A margem de erro é de dois pontos percentuais, para mais ou para menos. A pesquisa está registrada no TRE (Tribunal Regional Eleitoral) de São Paulo, sob o número 03700108-SPPE".

Dados da Folha Online de 9 de outubro, em uma matéria feita após divulgação dessas pesquisas com eleitores, tanto sobre a atual gestão quanto sobre a escolha do prefeito.

Agora, pense bem. Foram ouvidos cerca de 1.906 eleitores, correto? Vamos supor que a pesquisa feita pelo grupo Folha esteja dentro das regularidades de uma pesquisa imparcial - pessoas de diferentes locais de São Paulo consultadas e devidamente contabilizadas dentro desse número.

E quantas pessoas existem, no total, dentro dessa cidade?
Segundo o IBGE 2007, são cerca de 10.886.518 pessoas.

1.906 representam 10.886.518?

Talvez qualitativamente. Mas não de forma igual. Em regiões como zona sul, Kassab tem aprovação inferior a 40%, segundo o próprio DataFolha. Os dados, divulgados pelo mesmo instituto, não influenciam os demais 8.980.518 eleitores?

Por que Marta Suplicy só relembra o passado de Kassab? Se o candidato foi do PFL, isso não importa muito para o eleitorado paulistano, que foi conservador. Se Kassab foi ministro do planejamento de Pitta, isso interessa em termos, porque todo mundo sabe que quem incentivou projetos como Fura-Fila foi Paulo Maluf, que nunca fez parte do PFL. Especular se Kassab tem ligações com a ditadura militar é jogar no vazio - ele apenas estudava engenharia na época.

Por que Marta nunca disse que Kassab é, como Collor foi, como FHC foi, como Lula foi, um "vencedor" do DataFolha?

Por que as pesquisas eleitorais, vulgo "boca de urna", continuam?

Este, sim, é Gilberto Kassab.

3 comentários:

Thiago Dias disse...

Pedro, pesquisas fazem parte do processo democrático, elas TEM que existir. Agora, ñao sei se vc sabe, e deve saber, as pesquisas são feitas de acordo com panoramas que representam SIM a maioria, dai o percentual de erro raramente ser atravessado. Ir contra as pesquisas é ridiculo, é o mesmo que ir contra a democracia, não faz sentido algum defender um e ser contra o outro

Pedro Zambarda disse...

Eu não vejo democracia em voto induzido.

E não interessa qual seja seu argumento. Como você mesmo valoriza opiniões, eu faço uso dessa.

Thiago Dias disse...

Sinceramente, pesquisas têm o intuito de induzir votos, e sim antecipar um resultado. Se o problema for este, a questão não é em relação as pesquisas, mas sim em relação as pessoas que tem sua opinião alterada por uma pesquisa. Elas sim tem algum problema

Posts mais lidos