quinta-feira, 24 de março de 2011

Os outros tipos de economia


Quando você pensa em economia, você imagina circulação de dinheiro e pessoas ricas? Se essa é sua resposta, o livro Free, do editor da revista WIRED Chris Anderson, lança mais dúvidas. Como integrante de uma publicação de tecnologia e tendências, o escritor coloca exemplos de empresas como Google, Gilete e até os criadores da gelatina, que transformaram o mercado de produtos com serviços grátis. E como eles são bem-sucedidos sem cobrar dinheiro?

Anderson traça diversos planos de negócio - capital cruzado (produtos pagos que sustentam gratuitos), mercado de três integrantes (um oferece serviço de graça a um cliente e outra empresa que paga) e até mesmo economias não monetárias (trocas de outros bens, como reputação na internet). Todas essas alternativas mostram que o mercado econômico que você conhece é muito mais do que dinheiro. Você pagaria algum centavo por uma pesquisa no Google? Eles lucram bilhões com suas buscas de graça.

O livro é agradável - foi escrito em 2009 - e é fundamental para estudantes de comunicação, economistas e gente plugada na internet ainda hoje. Chris Anderson faz questão de explicar conceitos econômicos sem blocões de texto, mas sim com parágrafos curtos, e também com bons infográficos. Para quem quer entender web, economia emocional e de reputação, o Google e o Facebook, a fama dos nerds hoje e a próxima fase do capitalismo, sua leitura é fundamental.

Nenhum comentário:

Posts mais lidos