domingo, 6 de julho de 2014

A surpresa de David Luiz na Copa do Mundo

Por Pedro Zambarda

Não foi Neymar e nem Thiago Silva que detonaram a Colômbia, um adversário difícil na Copa do Mundo do Brasil, mas sim o zagueiro cabeludo David Luiz. Com um gol fora da área no dia 5 de julho, em um chute com barreira, ele deixou os colombianos sem defesa. O goleiro David Ospina tentou voar, mas o gol de David foi absurdamente bem colocado na rede. Foi o segundo golaço de um jogo de 2x1 que o Brasil levou com tensão contra a seleção colombiana.


O zagueiro joga atualmente no Paris Saint-Germain e vale 55 milhões de euros. Sem a pressão que Neymar sofre, David Luiz teve a liberdade de fazer dois belos gols de diferença nesta Copa do Mundo. Além do seu brilho em campo, a seleção brasileira hoje também contou com o gol do capitão Thiago Silva, feito em menos de 10 minutos de jogo.

Neymar infelizmente não mandou bem. É constantemente cobrado, é o craque da seleção e é o querido do Felipão. Não é poupado, não é substituído e está na linha de frente. Levou uma joelhada durante o jogo e caiu reclamando de dores. Foi levado para um hospital em Fortaleza, chorando fora do estádio do Castelão.

Fred, Hulk e Oscar saíram devendo. Hulk chutou bolas tortas em direção ao gol. Fred desapareceu e é o atacante ausente da nossa seleção brasileira, vítima de brincadeiras até nas redes sociais. Oscar não fez o suficiente para marcar um gol. Felipão continua errando ao insistir em alguns nomes em seu time, apesar de ter tirado Daniel Alves. O técnico vai ter que se mexer mais em uma semi-final com a Alemanha. Será um jogo difícil pro Brasil com a qualidade do time alemão, pelo que tudo indica.

Mas David Luiz é um suspiro de alívio em nossa seleção. O zagueiro é carismático, tem garra e é perfeccionista. Em suas tentativas de tirar a bola dos adversários, ele não causa faltas graves ou desnecessárias.

Nisso, é diferente do zagueiro Thiago Silva, que conseguiu um cartão amarelo desnecessário contra a Colômbia hoje e está fora da disputa com a Alemanha. David soube se poupar, fez o gol de diferença e pode continuar sendo nossa surpresa nesta Copa.

Ao acabar o jogo, David Luiz foi o primeiro a ir falar com o atacante James Rodríguez, o astro colombiano, responsável por levar sua seleção novata até essas quartas de final. Ele cumprimentou o adversário com muito respeito e sugeriu, de cara, para que trocassem suas camisetas. David não demonstrou egocentrismo e nenhum comportamento de estrela do futebol. Manteve o pé no chão até o fim.

No dia 15 de junho, um fã-mirim chamado Daniel Jr. invadiu um treino da seleção brasileira para ver seu ídolo David Luiz. Ao invés de tirá-lo dali, porque invadir um treino é errado, David preferiu conversar com o menino e autografar sua camiseta. O jovem chorou diante da atitude do jogador.

David Luiz é um cara muito legal.

Nenhum comentário:

Posts mais lidos