segunda-feira, 15 de setembro de 2008

Pequeno Dicionário Estiloso

Porque a vida é complicada, mas a moda não precisa ser

Por Roxane Teixeira

Essa semana começa uma coluna de moda aqui no Bola da Foca, na tentativa de facilitar um pouco a vida de quem curte as novidades, mas não respira cada mudança do mundo fashion. Vamos decifrar os termos mais complicados, que sempre aparecem – sem definição - nas revistas especializadas. E vão rolar dicas de como adaptar o último grito para o dia-a-dia, para a mulher (ou o homem!) real. Espero que vocês gostem – e usem, sem medo, o que pintar por aqui!

A cada estação, a moda se reinventa; modelagens esquecidas ressurgem, e prometem invadir as ruas. Dessa vez, a vedete da turma é a calça sarouel, representante dos étnicos com perfume moderno. Mas o que é sarouel, e, mais importante, como combiná-la?

Pelo Dicionário de Moda, de Marco Sabino, o termo francês “sarouel” tem origem no árabe “sirwãl”, e define uma calça usada, inicialmente, no norte da África. O cavalo é bem mais baixo que o convencional, e a cintura é ajustada com uma amarração. Semelhante à sarongue indiana, uma peça de combate, que deveria favorecer a movimentação dos soldados, a sarouel surgiu como um modelo masculino. Mas as passarelas de Huis Clos, Maria Bonita Extra e tantas outras garantem que o modelo vai mesmo é invadir o guarda-roupa feminino no verão 2009.

Agora, com os grafismos e acessórios africanos em alta, a calça virou sinônimo de modernidade. E quem quiser ousar, pode apostar nas suas variações, mas com algum cuidado. O excesso de tecido produz um drapeado bacana, com caimento bonito – mas isso depende do tecido.

A sarouel com cara de alfaiataria tende a ficar linda no cabide – e péssima no corpo. O gancho baixo fica engomado, e parece um papo, um erro de costura. A saída é apelar para tecidos mais leves, mais molinhos. Se você não agüenta mais viscolycra e derivados, uma boa pedida é a viscose.

E, antes de montar a produção e desfilar por aí, veja a melhor opção para seu tipo físico. A calça é cheia de dobras na região do quadril, ou seja, pode disfarçar um dedinho de culote se o seu quadril for estreito, mas aumenta o volume da região se ele já for larguinho. As baixinhas também devem tomar cuidado com a sarouel: quanto mais baixo o cavalo, mais curtas as pernas parecerão.

E uma dica para todas é a da proporção: como a calça é muito volumosa, pede um complemento mais apagadinho. Uma blusa bem ajustada ao corpo equilibra a peça, e dá a chance de usar braceletes e colares étnicos, de corda, marfim, madeira... Atualíssimo. Agora, se quiser encarnar o espírito dos anos 70, combine com uma bata – desde que ela tenha um corte mais reto, e termine antes do quadril, para não brigar com a calça. Pronto! Você está preparada para a próxima estação - só faltando um belo par de sapatos. As mais altas podem usar uma rasteirinha cheia de estilo, e todas podemos combinar sarouel com uma sandália abotinada com salto. Fica lindo!

E, falando em sapatos, semana que vem eu volto com novidades para os seus pés...

Dúvidas, críticas, sugestões? O que você quer ver na coluna? Comente, ou mande e-mail para o Bola da Foca. Nós queremos saber sua opinião!
Sarouel da foto: 2TWO. Imagem retirada do Google Imagens

5 comentários:

Pedro Zambarda disse...

Muito boa a iniciativa, Roxane. Diferente do que foi feito até agora!

Continue e, quem ler a postagem, traga sugestões!

Thiago Dias disse...

Mto interessante a coluna Roxy! Continue com ela, vai ser algo diferente do que andamos vendo por aqui

Roxane Teixeira disse...

Que boas essas manifestações da ala masculina!!! Podem deixar; a coluna vai seguir firme e forte - já estou bolando umas coisas para as próximas semanas...

Dani(mendel) disse...

roxy
adorei a coluna!!
vou vir aqui pra espiar sempre!
tenho uma sugestao: vc podia falar das adaptaçoes que as pessoas fazem e nem sempre ficam boas, tp usar o vestido balonê esticado... alias, vc pode falar sobre vestidos! eu particularmente gostaria de entendê-los melhor...tem gente que comete cada gafe!! humpf...
Adorei a ideia da coluna de moda =]
vai fazer sucesso, com certeza!
bjao!

Bruna Caricati disse...

Uma calça democrática

Esse modelo não se contenta em aparecer em calças; ele se repete também em bermudas e shorts e tem a característica de ser um item de moda extremamente democrático: fica mal em todo mundo! Você tem bunda grande? Ele veste mal. Você não tem bunda nenhuma? Ele veste pior. Tem corpão? Ele destrói. Tem barriga? Ele fica péssimo. Não tem? Ele não mostra. Enfim, um modelo de calça que veste todo mundo igual. Não deixa de ser uma vantagem!

Posts mais lidos