segunda-feira, 22 de setembro de 2008

Crime e Castigo de maneira descontraída

Zuenir Ventura faz três reportagens no Acre para cobrir a polêmica morte do ecologista e seringalista Chico Mendes e visualiza o mito e a realidade, tudo com bom humor e ética.

Por Pedro Zambarda de Araújo
2º ano de Jornalismo

Xapuri, para muitos do sudeste brasileiro, é um nome indígena sem um significado conhecido. Para o escritor carioca Zuenir Ventura, a cidade representa uma parte significativa de sua vida, que gerou um dos seus trabalhos mais premiados, tanto na literatura como jornalismo. Chico Mendes: Crime e Castigo traz as três grandes matérias e textos adicionais que Zuenir fez ao longo das investigações sobre a tragédia ocorrida entre o seringueiro e ecologista com fazendeiros locais.

A relação com Genésio Ferreira da Silva, que tinha apenas 14 anos em 1989, e foi um de seus primeiros entrevistados, mostra uma quase ligação de “pai e filho” entre eles. O fato do garoto ter vivido com Ventura até atingir a maioridade mostra como o repórter perdeu a imparcialidade com sua própria matéria. Essa relação adquiriu tamanha proporção pela participação do menino como testemunha-chave no processo de acusação durante a investigação dos principais suspeitos: Darly Alves da Silva e seu filho Darci. Dessa forma, o autor do livro se envolveu pessoalmente com o caso, denunciando os possíveis responsáveis pela morte do ícone político Chico Mendes.

Ventura conheceu de forma completa o Acre, tanto em Rio Branco quanto na cidade em que ocorreu o assassinato, Xapuri. Sobre a região, ele dizia, na época, que “da Amazônia só conhecia o mapa”. A responsabilidade de cobrir um acontecimento de repercussão nacional fez com que o repórter Zuenir Ventura se deparasse tanto com o mito Chico Mendes, o ecologista, quanto sua realidade menos ideal.

Entrevistas feitas com as esposas de Mendes, Ilzamar Mendes e Eunice Feitosa, mostram tanto a face de bigamia e machismo dos relacionamentos pessoais do seringueiro quanto a vergonha que Ventura sente ao expor as duas viúvas, em sua apuração jornalística.

Estruturando as reportagens da série O Acre de Chico Mendes, feitas para o Jornal do Brasil no começo da década de 1990, o autor as reorganizou com os nomes das mesmas divisões utilizadas no livro homônimo de Fiódor Dostoievski. Ao invés de tratar o caso linearmente, o autor dividiu o romance-reportagem em Introdução, Parte I: O Crime, Parte II: O Castigo e Parte III: Quinze Anos Depois.

Nessa última parte, além de colocar outros possíveis suspeitos na morte de Chico, como Oloci e Alvarino, também filhos de Darly (provavelmente co-autores com Darci), Zuenir mostra como o Acre se modernizou após a morte do ecologista, colocando muitas de suas idéias em prática, não para punir fazendeiros pecuaristas, mas para preservar o pouco que resta da amazônia, frente às constantes depredções do homem.

Mesmo tratando de assuntos densos como assassinato e julgamento, além da política regional, o autor não se mantém apenas em um vocabulário formal. Usando uma linguagem repleta de coloquialismos, Ventura cria apelidos como “Rambo” ao sargento da PM Honorato Neto, famoso por comandar o Esquadrão da Morte na cidade de Rio Branco. Ele também descreve o próprio réu Darly Alves da Silva como um homem de feições esqueléticas com uma espécie “caroço” no peito, que é, na verdade, uma úlcera inchada, e mais, que Darly também discorre, em suas falas, um discurso vazio, sem sentido para qualquer pessoa que o acuse. O suspeito é também cego de um dos olhos devido a um glaucoma e possuí óculos tão profundos quanto “o vidro de uma garrafa”, diz Zuenir. O autor ainda termina uma das descrições com a máxima “ele era um objeto mais de se observar do que de se ouvir”. A ironia é um recurso claro no texto da obra, especialmente nessa descrição.

É válido comentar, também, que Ventura compara os personagens entrevistados com atores de televisão e cinema, porque, na época de suas reportagens, estava sendo planejado um filme sobre Chico Mendes, chamado The burning season (Amazônia em Chamas), que foi produzido pela HBO, mas teve fraquíssima repercussão. Uma das comparações do livro é a atriz Sônia Braga, famosa por ser uma morena de feições mais robustas, com Ilzamar Mendes, igualmente resistente em seu estilo de vida (inicialmente submissa a Chico e, depois, destacando-se como viúva dele). Outra atriz vítima dos comentários do autor é Sigourney Weaver, para o papel da antropóloga Mary Allegretti, possuidora de uma personalidade feminina ousada, amiga pessoal de Chico Mendes e estudiosa sobre a situação do Acre.

Ao fim do livro, explica que, apesar do julgamento e das condenações de Darci e Darly a 19 anos de prisão, o caso permanece em aberto por outros possíveis autores, já citados nesse texto. Na verdade, Zuenir Ventura conclui que, mesmo a morte de Chico Mendes interessando a muitos políticos, a antipatia entre o seringueiro e o fazendeiro Alves da Silva tinha uma natureza mais pessoal, fruto das atitudes destemidas que Mendes tomou contra latifundiários. Por fim, seus seguidores, tanto na Fundação Chico Mendes liderada pela esposa Ilzamar, quanto em outras instituições, encamparam sua luta e suas virtudes pessoais para transformar o estado do Acre em um exemplo para o restante da Amazônia, e na luta por um desenvolvimento sustentável.

E Ventura, por sua vez, se encarrega de trazer essa forte história política sem tomar, explicitamente parte de nenhum dos lados. Apenas criticando e traduzindo a real importância desse episódio para a história da Amazônia e de nosso país.

8 comentários:

Thiago Dias disse...

São momentos como esse em que gosto do Fuser. A chance de ler obras como essa. Depois do genial Hiroshima, ler a obra de Zuemir Ventura vai ser muito interessante

jorge telles disse...

zueNir.

jorge telles disse...

Pedro Zambarda de Araújo 2º ano de Jornalismo,

Há uma considerável diferença entre "nesse" e "neste", ou "esse" e "este" etc.
Seria interessante saber quando usar um e quando usar outro. Você, entretanto, não sabe.

Pedro Zambarda disse...

Erros existem para ser corrigidos, ó grande jorge telles. Ao invés de você encher seu comentário com ironia, explique o erro e o faça de forma despretensiosa. Cansa menos a vista, sabe?

jorge telles disse...

Erros assim não podem ser cometidos por quem está no 2º ano de Jornalismo. É coisa que se aprende no colégio.

Pedro Zambarda disse...

"E Ventura, por sua vez, se encarrega de trazer essa forte história política sem tomar, explicitamente parte de nenhum dos lados. Apenas criticando e traduzindo a real importância deste episódio para a história da Amazônia e de nosso país."

Sim, tem um erro ai. Seria a palavra "desse".

Só que, ao invés de você apontar um erro, você prefere me desclassificar e tirar onda.

Respeito também é uma das coisas que ensinam no colégio. No Jardim de Infância. E parece que você não aprendeu, caro.

jorge telles disse...

Pedro Zambarda de Araújo 2º ano de Jornalismo,

Arrombado.

Abraços

Lin Liu disse...

cheap soccer jerseys
bottega veneta handbags
michael kors handbags,michael kors outlet,michael kors outlet online,michael kors,kors outlet,michael kors outlet online sale,michael kors handbags clearance,michael kors purses,michaelkors.com,michael kors bags,michael kors shoes,michaelkors,cheap michael kors 
michael kors factory store,michael kors outlet online sale,michael kors,kors outlet,michael kors outlet,michael kors handbags,michael kors outlet online,michael kors handbags clearance,michael kors purses,michaelkors.com,michael kors bags,michael kors shoes,michaelkors,cheap michael kors
cheap oakley sunglasses
moncler jackets
ravens jerseys
chanel outlet
miami dolphins jerseys
new york jets jerseys
air max 2015
dan marino jersey,louis delmas jersey,brent grimes jersey,cameron wake jersey,mike wallace jersey,dan marino jersey,cameron wake jersey
nfl jerseys wholesale
michael kors bags
michael wilhoite jersey,y.a. tittle 49ers jersey,justin smith jersey,nike 49ers jersey
bottega veneta wallet
hermes belt
lebron james jersey
giants jersey
ugg boots clearance,ugg australia,uggs on sale,ugg slippers,uggs boots,uggs outlet,ugg boots,ugg,uggs
nike soccer shoes
custom mlb jerseys
nike trainers,nike trainers uk,cheap nike trainers,nike shoes uk,cheap nike shoes uk
nike sneakers
ray ban sunglasses outlet,ray ban sunglasses,ray ban,rayban,ray bans,ray ban outlet,ray-ban,raybans,ray ban wayfarer,ray-ban sunglasses,raybans.com,rayban sunglasses,cheap ray ban
gucci outlet
coach outlet canada
coach outlet
longchamp handbags
oakley sunglasses, http://www.oakleysunglasses-outlet.us.com
liu2015828

Posts mais lidos