segunda-feira, 1 de setembro de 2008

Desviando a atenção

Muito foi falado sobre o caso dos grampos telefônicos ilegais instalados nos aparelhos do presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Gilmar Mendes. Medidas sérias foram tomadas pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que decidiu afastar temporariamente nesta segunda-feira, 1º, toda a cúpula da Agência Brasileira de Inteligência (Abin). O caso é sério. A utilização desses dispositivos é uma atividade ilegal e, segundo o diretor-geral da Agência, Paulo Lacerda, a Abin não instala grampos.

O problema é o foco da história, voltado somente para a questão da instalação dos grampos. Nenhum veículo levantou suspeitas sobre o teor da conversa entre o presidente do STF, Gilmar Mendes, e o senador Demóstenes Torres (DEM-GO).

A transcrição de dois minutos do telefonema de 15 de julho mostra Demóstenes pedindo a Gilmar ajuda contra a decisão de um juiz de Roraima, que teria impedido uma testemunha de depor na CPI da Pedofilia, da qual é relator. No diálogo, Mendes agradece ao senador por ter criticado o pedido de impeachment do presidente do STF, feito por um grupo de promotores descontentes com habeas corpus concedido ao banqueiro Daniel Dantas.

Tal troca de favores parece, no mínimo, suspeita, principalmente quando um Senador da República pede para um juiz, na condição de presidente do Supremo Tribunal Federal, intervir na decisão de um colega de magistratura.

Das duas uma: ou a atenção foi muito habilmente desviada pelos envolvidos no proto-escândalo, enganando a todos, ou esse tipo de atividade se tornou tão comum no país que nem os membros da imprensa se sentem incomodados o bastante para criticar.

20 comentários:

Pedro Zambarda disse...

Gostei do teor e do foco do seu post, mas sou obrigado a fazer uma ressalva sim:

Grampos telefônicos devem ser o foco da mídia. Com as diversas operações promovidas pela Polícia Federal, muitas delas no intuito apenas de "achincalhar" a opinião pública foram feitas, primeiramente, com informações de grampos ilegais.

É sempre bom ressaltar isso, nessa matéria.

Pedro Zambarda disse...

E, apesar da troca de favores implícita nas mensagens, Gilmar Mendes não foi investigado em sua conta bancária, não foi investigado de outras formas. Foi instalado um grampo ILEGAL em um veículo que supostamente você deveria ter privacidade.

Nada impede que um cidadão comum tenha um grampo desses em casa, sem saber.

Pedro Zambarda disse...

Btw, desculpe o terceiro comentário, mas gostaria de lembrar que eu acho a comparação dos grampos telefônicos com a ditadura ou com a anti-democracia muito antiquada: já estamos carecas de saber que, neste país, a democracia plena ainda não chegou e há formas de controle.

A troca de favores é um tipo de controle. Grampos telefônicos ilegais podem ser outros. Isso não, necessariamente, compara o governo petista com um ditatorial. Só mostra a porcaria podre que ele sempre foi, internamente, sem comparações.

Fernando Gonzalez disse...

Mas tráfico de influências ainda é crime.

Pedro Zambarda disse...

numa sociedade verdadeiramente democrática, sim.

no Brasil, feh, depende, companheiro.

Fernando Gonzalez disse...

Crime é crime. Se a gente for nivelar as coisas por baixo porque o país é uma palhaçada, vai ter gente justificando venda de voto e peculato, daqui a pouco.

Pedro Zambarda disse...

Não justifico, como falei no começo dos comentários, eu acho sim sua coluna de opinião muito válida.

Só que não dá pra esquecer a questão dos grampos justamente por ninguém relar na Polícia Federal. Os caras são os "paladinos da justiça". A troca de favores entre eles deveria ser levada em conta (também).

Fernando Gonzalez disse...

A Abin, se é que é mesmo a responsável pelos grampos, não tem nada a ver com a Polícia Federal, ela é subordinada diretamente ao Ministério da Justiça e, consequentemente, ao Presidente da República. O que acho que piora as coisas, porque leva o escândalo mais acima.

E a questão é que um crime está ofuscando o outro. Focando-se nos grampos sobra pra Abin, e o Mendes e o Torres se livram do escândalo que, provavelmente, custaria seus respectivos mandatos.

O problema é todo mundo cobrir o presidente do STF revoltado com um grampo no seu telefone e nem perceber que ese grampo detectou uma conversa pra lá de suspeita.

Pedro Zambarda disse...

Fernando.

Diretamente, a Abin não é ligada, mas ela é uma das (únicas) redes de inteligência no país.

O caso Dantas ocorreu em virtude de operações da PF. Não entro no mérito se Mendes foi certo ou não, achincalharam o suficiente nesse ponto, mas acho interessante a empresa de inteligência armar grampos telefônicos irregulares "apenas para checar".

Se as informações chegavam ao presidente, de fato, poderiam chegar até a PF. Soa conspiração? Soa. Mas tem uma cambada de gente sendo presa, muitas poucas explicações, poucos dias depois essas pessoas são soltas e fica esse clima de "quem apadrinhou quem?"

E que fique claro, falo sobre a participação da PF nisso. As organizações não são diretamente ligadas, mas o nome "federal" as unifica em uma rede comum de informações. A Abin é o laranja da vez. Tem mais gente atrás, do lado, ou não, de Gilmar Mendes (ou Demóstenes)

Pedro Zambarda disse...

Outra coisa, é fato que todas as polícias nesses país são corruptas. Mas eu vejo PMs indo pra cadeia, civis indo pra cadeia.

Ninguém da Polícia Federal vai pra cadeia. Não sou contra a instituição, mas eles estão sendo usados para algum propósito, com ou sem o consentimento do presidente.

Pedro Zambarda disse...

Sobre o teor de suspeita da conversa, eu não duvido que há irregularidades.

Não duvido também que haja irregularidades nas campanhas eleitorais da prefeitura de São Paulo. Eu não duvido que haja irregularidades na vida de Gilmar Mendes. Não duvido que haja irregularidades na vida das pessoas que acusam Gilmar Mendes.

Mas acho que, além da sua crítica relevante, é legal saber que, antes de crucificar o presidente do STF, seria interessante crucificar a legislação, o executivo e o judiciário. Seria necessária a crucificação de todos, porque todos são suspeitos.

Escolhar colocar a conversa comprometedora como foco da matéria criaria mais uma mudança na presidência no STF. E nenhuma alteração nas demais corrupções que não foram grampeadas.

O real "apadrinhamento" começa na legislação e na investigação.

Thiago Dias disse...

A historia dos grampos é sim mais preocupante que a conversa de Gilmar Mendes. Obviamente não estou defendendo o trafico de influencia, mas a questão sobre ate onde vai a rede de inteligencia da ABIN e da PF merece ser levada em consideração. Não sou extremamente legalista qnto vcs dois, as vezes algumas regras precisam ser quabradas para que se atinja resultados, mas a questão dos grampos parece estar fugindo de controle

Fernando Gonzalez disse...

Gente, a partir do momento em que um Ministro do STF (não precisa nem ser o presidente), usa seu cargo pra interferir em instâncias menores da justiça, todo o Estado de Direito foi pro buraco e a magistratura do pobre Juiz de Roraima foi invalidada. Seria como o Carlos Costa, atendendo ao pedido de um aluno que nele tem influência, obrigar o Celso a mudar a média do aluno.

Não estou dizendo que os grampos não são um assunto sério; são sim. Grampear ilegalmente também configura uma quebra do Estado de Direito. Esse é o problema, TAMBÉM. Tem espaço de sobra no jornal para apurar dois escândalos por vez.

Pedro Zambarda disse...

Tráfico de influência ocorre com troca de favores.

Monitorem a conta bancária de Gilmar, não coloquem um grampo ilegal.

Sem troca de favores, não ocorre tráfico de influência.

Fernando Gonzalez disse...

Favor nem sempre é dinheiro (apesar do meu bordão "Prefiro minha parte em espécie").

dong dong23 disse...

gucci outlet
ralph lauren outlet
replica rolex watches
polo ralph lauren
uggs on sale
louis vuitton outlet
cincinnati bengals jerseys
timberland boots
ugg boots
gucci outlet
201612.2wengdongdong

Unknown disse...

longchamp
ugg outlet
jimmy choo shoes
ugg outlet
cheap ray bans
hermes belts
polo ralph lauren
cleveland browns jerseys
colts jerseys
ugg boots

caiyan disse...

polo ralph lauren outlet
longchamp handbags
ghd straighteners
true religion jeans
kate spade outlet
dallas cowboys jerseys
nike store
golden state warriors jerseys
christian louboutin shoes
michael kors outlet store
0504shizhong

chenmeinv0 disse...

coach outlet store online clearances
valentino heels
lebron 13 shoes
burberry sale
true religion jeans
michael kors outlet
birkenstock sale
vans outlet
coach factory outlet
kobe 11 shoes
hzx20170517

TriciaGonzalez disse...

Open the application and also Tutu Helper App from there you could download and install any type of paid application Click Here you such as Clash Royale, Tutu Helper VIP App Super Mario Run.

Posts mais lidos