sexta-feira, 23 de janeiro de 2009

O fim de Guantánamo

O presidente Barack Obama assumiu o cargo mais cobiçado do mundo na terça-feira e já mostra para o quê veio. Assinou um decreto em que se compromete a dar fim a Guantánamo em um ano. Todas as prisões secretas da CIA ao redor do mundo também serão extintas, dando uma nova cara para a "guerra contra o terrorismo": o presidente afirmou que os valores da nação americana são suficientes como armas contra o terror.

Enviados especiais negociarão o fim dos conflitos no Paquistão e no Oriente Médio.

Obama tem uma responsabilidade gigantesca não só com os Estados Unidos, mas com o mundo inteiro, que espera dele tudo aquilo que nenhum outro presidente jamais foi capaz de colocar em prática.

3 comentários:

Thiago Dias disse...

huahua adorei a foto. Mais messianica impossivel!
Bom, esse tipo de acão eh forte demais para ser eleitoreira. Ela mostra duas coisas: Que Obama já tem um plano definido de como guiará sua politica internacional, e que muitas de suas promessas de campanhas naum eram vazias.
Mas....qqr julgamento do governo de Obama antes dos dois primeiros anos será muito antecipado.

Pedro Zambarda disse...

ótimo começo.

As tropas vão sair em 16 meses, certo?

José Edgar de Matos disse...

Certo Pedro. O Obama assinou um acordo com os representantes do Iraque para retirar as tropas até 2010.

Foi a primeira decisão do novo governo e acredito que ele começou com o pé direito.

Posts mais lidos