terça-feira, 27 de janeiro de 2009

1, 2, 3 indiozinhos...4, 5, 6 hippiezinhos...

O que os índios norte-americanos e os hippies têm em comum? De acordo com a moda, o estilo folk! O termo surgiu em meados da década de 60, explodiu nos anos 70, e agora volta neste inverno, menos hippie e mais sofisticado. Entenda agora de onde vem as tachas, franjas e afins.

A inspiração no folk é tendência certa do próximo inverno. Esse termo é usado pelos profissionais da moda para definir um estilo adepto às peças étnicas, que fazem parte do folclore de determinadas culturas. Geralmente, é marcado por peças, acessórios e tecidos que compõem o vestuário dos índios norte-americanos, como franjas, couro artesanal, parkas, penas e mais uma variedade de detalhes. Entre as décadas de 60 e 70, o folk se inclinou para o hippie, onde houve a junção dessas vestimentas com batas, calças boca-de-sino e sandálias rasteiras.
Antes, esse visual era desencanado, despojado e, muitas vezes, totalmente descompromissado com a moda, algo como “não ligo para o que estou vestindo”. Essa idéia de liberdade nas vestimentas persistiu até 2002, quando o folk estourou nas passarelas. Este ano, porém, os estilistas mostraram a releitura desse estilo que, apesar de ser composto por tecidos pesados, é mais suave (visivelmente) e promete trazer mais elegância. Grifes, como Gucci, Cavalli e D&G, investiram nesse conceito e ressaltaram a feminilidade da mulher. Quem acompanhou a semana de moda sabe do que estou falando.
Algumas grifes nacionais que apostaram: Giulia Borges, Cantão, Redley, Érika Ikezili e Cavalera

Mamãe, quero ser folk!
Aprenda a fazer sua composição
1. Produção mais que básica: minivestido + meia-calça opaca + bota sem salto
2. Estampas: Persas, orientais, psicodélicas e modernistas
3. Cores: Do off-white ao café. Mesclar cores fortes - laranja, turquesa, roxo, vermelho
4. Acessórios: Enormes! Chapéus, lenços, cintos...Tudo é válido!
5. Detalhes: Tachas, franjas e bordados
6. Peça-chave: minivestido com estampa étnica/ calça boca-de-sino/ saia ampla e franzida/ camisa xadrez
7. Calçados: botas sem salto e ankle boot (bota de cano curto)
8. Esse ano é a vez do: Rústico! veludo, camurça e couro.
9. Make: Na semana de moda, vários makes surgiram como sendo "a cara do inverno" - para usar uma expressão fashionista. Mas como estamos tratando do folk...O bom é combinar maquiagens em tons terrosos ou puxado para o laranja, além dos olhos bem marcados.
10. O folk também é um estilo musical. Confira algumas bandas/cantores - e entre no clima!
1) Little Yellow Spider - Devendra Banhart
2) Mushaboom - Feist
3) Stay Out of Trouble - Kings of Convenience
4) Come on! Feel the Illinoise! - Sufjan Stevens
5)Elephant Gun - Beirut
Vale lembrar: Nem toda tendência é regra! Sejamos criativos, por favor. Algumas grifes fugiram do óbvio e montaram coleções inusitadas, como, por exemplo, o "nerd" da Osklen e a "realeza" da Triton.


(Giulia Borges e Cantão. Fotos de Márcio Madeira)



2 comentários:

Fê Meirelles disse...

Eu ADORO a moda folk. Acho as roupas e as combinações lindas, e sempre me passam um ar de leveza... Acho muito legal porque parece que a pessoa não gastou quase tempo nenhum se arrumando e ficou linda de qualquer jeito!

adorei o post, bru :)

Mariana Bruno disse...

AMO!*-*

Posts mais lidos