sexta-feira, 18 de julho de 2008

Pequeno caderno das diversas viagens de Luma - Campos de Jordão

Por Luma Ramiro

Sempre que viajo, carrego um caderno onde rascunho algumas impressões e expressões. Transcrevê-los-ei na íntegra, ok? E, queridos editores, dêem-me toques se estiver pessoal demais ou qualquer outro conselho que for útil. Isso também serve para vocês, queridos leitores.

E agora, vamos Viajar!

CAMPOS DE JORDÃO

“Pindamonhangaba, 18 de julho de 2008.

9h25: Gastei quase uma linha inteira só para escrever o nome da cidade. Como vim parar aqui?

Ontem liguei para o utilíssimo 102 (‘Guia de assinantes da Telefônica. Este serviço é gratuito’), peguei o telefone da Estrada de Ferro de Pinda e novamente liguei perguntando sobre o trem que vai de lá para Campos de Jordão. Passaram-me o preço, os horários, só não me falaram que precisava reservar com uns 10 dias de antecedência.

Hoje acordei às 7h da madrugada, minha mãe me deixou na Rodoviária Velha de Taubaté antes de ir trabalhar, peguei o ônibus e vim para Pinda. Desci próximo à ferroviária, andei um pouquinho, me informei e descobri a enganação sobre a reserva.
Tinha duas opções: voltar para Taubaté e passar o dia vendo TV aberta ou ir de ônibus pra Campos. O que tinha a perder? Já gastei R$2,10 e estou aqui, mesmo. Sairá 11h e custou R$7,50 – e não os 40 reais, ida e volta, com guia e parada em pontos turísticos.

Então, enquanto o ônibus não chega, fico aqui escrevendo.
Que frio! Será que lá dentro tem onde sentar? Vou ver.

9h52: Tem lugar sim, mas vim para o outro lado de fora, tomar um solzinho frio de inverno.

Agora está muito quente aqui, acho que vou para dentro.
Vim para o lado do prédio da rodoviária. Incrível como na sombra está tão frio e no sol, tão quente.

Estou com alguns problemas com a minha viagem para a França. Faltam 134 dias para o meu vôo. Tomara que dê certo a minha viagem! Estou torcendo e desejando tanto!

Quanto será que vai custar o meu mochilão? - pretendo ficar 10 meses em Paris, estudando Francês e 3 meses "mochilando" - viajando - pela Europa. Pretendo usar o couchsurfing.com para ficar na casa de pessoas desconhecidas, disponíveis para intercâmbio cultural. Isso já me faz economizar uns 25 euros por dia.
Serão uns 500 euros de trem, mais uns 25 euros pra comer, por dia. Vou viajar por três meses, 90 dias, ou 100, vai! 2500 euros. Mais uns 1300 euros de lembranças, baladas, passeios, ônibus, validação do trem, se precisar de hotel...

Acho que só!
500 + 2500 + 1300 = 4300: vamos arredondar para 5000 euros. Uma grana! Vou ter que trabalhar bastante, ou gastar meu carro, o que eu não quero.

Vou para perto do embarque!

15h01: Finalmente cheguei a Campos, era 12h e pouco, quase 13h. Passei pelas várias lojinhas de casacos, de lembrançinhas e de chocolates. Almocei, andei no teleférico (R$10), tirei fotos e estou aqui no trenzinho (R$8) esperando o passeio.
O trem está saindo.

16h36: O passeio de trenzinho de Campos de Jordão foi bem gostoso. Passou por hotéis luxuosos, casas de famosos como a ex-casa do cantor Roberto Carlos e em uma cachoeira, onde havia mais chocolaterias e lojinhas de casacos e lembranças.

16h43: Cheguei à rodoviária daqui de Campos do Jordão e já comprei a passagem para Taubaté por R$7,50. Com mais um real eu iria para Minas, em São Bento do Sapucaí*. Quero tanto ir para Minas!

Antes de entrar no trenzinho, tomei um chocolate quente. É bem gostoso! Não é muito doce e é bem cremoso, o mais cremoso que já vi, parece chocolate derretido.
Depois que cheguei do passeio de trem, também passei numa chocolateria e comprei um crepe, com massa de pão de queijo, que delícia!

Por aqui, vi muita gente bonita e muitas casas bonitas também, todas no mesmo estilinho ‘chalé sete anões’ com os telhadinhos levemente arrebitados.

17h02: Entrei no ônibus. Sentei na frente para admirar a paisagem, espero que não seja o lugar de ninguém.

Fiz uma tremenda cagada ao pegar o ônibus para o teleférico. Dei uma nota de R$20. A moça não tinha troco e falou para eu esperar. O ônibus começou a encher e eu estava sentada bem para trás. Fui para frente e perguntei se havia troco. Ela perguntou se eu já ia descer, eu respondi que não e ela disse que me daria depois, não iria esquecer. Esqueceu. Que raiva! Perdi 18 reais!

Estou morrendo de sono, acho que vou dar uma dormidinha.

18h06: Que dormir que nada! Fiquei aproveitando a vista e tirando fotos. O sol estava se pondo entre as montanhas, enquanto descíamos a serra. Tinha-se uma vista maravilhosa lá de cima!

Passamos Tremembé, estamos chegando.

18h37: Estou na Rodoviária Velha. Minha mãe está demorando para me buscar. Está uma lua linda! Lua cheia, grande, dourada.

20h24: Vou para Gonçalves amanhã! A lua lá deve estar mais linda ainda!

E-mail da Estela:
‘Chegar em Cambuí e pegar o ônibus para Gonçalves.’
Não, acho que só tem de Taubaté para Paraisópolis.
´Pedir para o motorista para descer na Barra, o trevo que vai para Gonçalves’ e ela vai me buscar.”

Então, amanhã tem mais!

3 comentários:

Pedro Zambarda disse...

Só pras pessoas não estranharem: não, a Luma não virou o Pedro. É que ela realmente não está entrando muito na internet, então eu estou recebendo as notícias de primeira mão, editando e postando aqui.

Talvez seja um estímulo para outros integrantes desse blog falarem de suas viagens.

龙大猫 disse...

adidas nmd online
hogan outlet
cheap jordans
michael kors outlet
kobe bryant shoes
nike polo
jordan shoes
http://www.jordanretro.uk
yeezy shoes
cheap jordans

Unknown disse...

valentino shoes
coach factory outlet
jacksonville jaguars jersey
polo ralph lauren outlet
fitflops sale clearance
nike store
golden state warriors
michael kors handbags
basketball shoes
coach handbags

Posts mais lidos