domingo, 10 de agosto de 2008

PHenomenal!

As estrelas brilharam no segundo dia dos Jogos Olímpicos. Estados Unidos, no basquete e com Phelps nas piscinas; Brasil no futebol, todos são exemplos. Nosso país acumulou uma boa participação, e está colhendo belos resultados.

Nossos últimos dois representantes no CCE (Adestramento) entraram no picadeiro, para a segunda etapa do concurso de equitação. Saulo Tristão, com 79,60 pontos perdidos, terminou o dia na 69° e última colocação. O outro brasileiro, André Paro, e seu cavalo Land Heir, tiveram uma apresentação razoável, e encerraram o dia classificados em 57°. Somados os desempenhos dos nossos cavaleiros, o Brasil está em 11° (e último) na competição por equipes. A liderança individual pertence a amazona australiana Lucinda Fredericks, que perdeu apenas 30,40 pontos. A Austrália mantém o primeiro lugar entre os conjuntos, nestes dois primeiros dias.
As piscinas nos reservaram um dia cheio de recordes. Logo na primeira prova, o fenômeno Michael Phelps mostrou a que veio. Nos 400m medley, o americano conquistou o ouro, quebrando o recorde mundial da prova. Seu tempo de 4m03s84 é fantástico, Phelps baixou seu antigo recorde, em quase dois segundos. O fenômeno das piscinas procura bater seu compatriota Mark Spitz, que conquistou 7 medalhas de ouro nas olimpíadas de 1972. Na mesma prova, o brasileiro Thiago Pereira nadou abaixo do esperado, terminando a prova na 8ª colocação. Thiago impôs um ritmo forte no início da prova, cansando nos últimos 150m, e caindo da 4ª colocação à oitava, fazendo o tempo de 4m15s40 – muito acima do seu melhor tempo (4m11s14).

Se Thiago Pereira não correspondeu as suas expectativas, Gabriela Silva nos surpreendeu. A nadadora classificou-se para a final dos 100m borboleta com o 8° tempo. Ela piorou em relação as eliminatórias (58s39 contra 58s), mas garantiu sua vaga à final. O melhor tempo das semifinais foi da australiana Libby Trickett, com 57s05.

A experiente Fabíola Molina terminou as semifinais dos 100m costas na 18ª colocação, duas abaixo do necessário para classificar. Na mesma prova, ocorreu um festival de quebras de recordes. Primeiramente, a russa Anastasia Zueva (59s61); na eliminatória seguinte a japonesa Reiko Nakamura baixou ainda mais a marca (59s36); e finalizando, a atleta do Zimbábue, Kirsty Coventry, que nadou a distância à 59s, batendo as marcas anteriores.
Rodrigo Castro pulou na piscina e fez história. Nos 200m livre, o atleta bateu o recorde sul-americano da prova, depois de 12 anos. A marca antiga de 1m48s08, pertencia à Gustavo Borges; a nova de Rodrigo, 1m47s87, é um marco na nossa natação. Infelizmente, apesar da marca, o brasileiro não conquistou a classificação para as semifinais.

Outros brasileiros: Tatiane Sakemi terminou os 100m peito na 38° colocação, e foi eliminada. Guilherme Guido nadou os 100m costas à 54s84, ficando na 20ª posição, e conseqüentemente, fora da disputa por medalhas. Monique Ferreira, detentora do recorde sul-americano, superou-se e quebrou a própria marca. Monique baixou seu tempo, finalizando os 400m livre em 4m12s21. Porém, a vaga para a final não veio. O revezamento 4x100 masculino vinha tendo um bom desempenho, mas uma das largadas foi queimada, resultando em nossa desclassificação. A boa notícia é o baixo tempo de César Cielo. Ele nadou os 100m, na casa dos 47s. Teremos mais finais no próximo dia. As piscinas de Pequim fervem com a promessa de mais quebras de recordes.
No vôlei, tivemos três estréias. Na praia, nossas duplas número dois, Márcio e Fábio Luiz, Renata e Talita, fizeram suas primeiras partidas, na competição. Os brasileiros enfrentaram a dupla italiana, Lione e Amore. O jogo foi difícil, mas nossa dupla foi mais competente nos finais dos sets e impuseram seu favoritismo, garantindo a vitória por 2 a 0, com um duplo 21/18. O jogo foi válido pelo Grupo D.
Renata e Talita fizeram uma disputa interessante, contra as mexicanas Candelas e Garcia. As adversárias assustaram as nossas jogadoras, ao vencerem o primeiro set. Passada a ansiedade, a dupla brasileira cresceu no jogo, e venceu os sets seguintes sem muita dificuldade.

Na quadra, a seleção masculina procurou derrubar qualquer desconfiança sobre ela. Enfrentando um fraco time do Egito, os comandados de Bernardinho aplicaram um 3 a 0, parciais de 25/19, 25/15 e 25/18. O jogo agressivo e a vibração característica do time voltaram a aparecer, em uma hora fundamental, porque daqui para frente eles terão apenas decisões. No próximo jogo, os meninos do Brasil jogarão contra a forte Sérvia, do craque Grbic.

Além do vôlei, temos grandes esperanças nos nossos judocas, mas um deles acabou decepcionando. João Derly, bi-campeão mundial, começou bem – venceu por 2 kokás contra um, o sul-coreano Joo-Jin Kim. Entretanto, na luta seguinte, a esperança de ouro fracassou. João deixou o português, Pedro Dias, tomar conta da luta. “Catimbeiro” que só, Pedro ludibriou os árbitros - que deram uma punição a mais para o brasileiro- “teatrando” o domínio da luta. Mas não podemos tirar os méritos do português, ele aparentou ter estudado muito o nosso judoca, e atuou nos erros de João. Pedro foi eliminado na luta seguinte, eliminando João Derly na disputa por medalhas.



Premiada por participar dos jogos, – foi inscrita no último dia, após muita briga com a CBJ - Andressa Fernandes acabou eliminada em sua estréia. Sua algoz, a dominicana Maria Garcia, acabou perdendo a luta seguinte, encerrando as chances da nossa judoca. Andressa chegou em Pequim apenas à 25 horas de lutar. Sua participação foi extremamente prejudicada; mas fica valendo o aprendizado. E que ela volte mais forte em 2012.
No handebol masculino, nossos atletas perderam para o bom time da França. Ansiosos e desperdiçando muitos ataques na primeira etapa, os brasileiros permitiram aos franceses abrirem uma vantagem de oito gols. Após o intervalo, melhoramos a qualidade ofensiva e jogamos de igual para igual, mas a marcação dos adversários impedia qualquer reação. A derrota por 34 a 26, complica o Brasil no grupo. Próximo adversário da seleção será a campeã do mundo, Croácia.



Novamente, a ginástica protagoniza a participação brasileira do dia. Dessa vez, as meninas foram responsáveis por ótimos resultados. Nossa equipe classificou-se para as finais, algo inédito na história, somando 233.800 pontos, ficando em 7° lugar. Alcançamos cinco finais: Jade Barbosa, no individual geral e no salto sob o cavalo; Daiane dos Santos tem novamente a oportunidade de brilhar no solo e apagar o fracasso de Atenas e Ana Cláudia Silva, garantida na final do individual geral. Os resultados são frutos do forte investimento. O Centro de Treinamento no Paraná, além dos estrangeiros na comissão técnica, impulsionou a nossa ginástica, trazendo resultados excelentes.
O Brasil encerrou o dia com estilo. A seleção masculina goleou a Nova Zelândia por 5 a 0. Anderson, Ronaldinho Gaúcho (2), Alexandre Pato e Rafael Sobis marcaram e deram um show. Se o time principal da Nova Zelândia não assusta, imagine o sub-23; o jogo foi fácil, e os jogadores até proporcionaram um futebol-arte, liderados pelo camisa 10.

Ronaldinho foi o grande destaque: com dois gols e várias assistências. Entretanto é bom mantermos os pés-no-chão, a fraquíssima adversária dessa manhã não serve de parâmetro. Os brasileiros enfrentarão os donos da casa. Um empate garantirá o Brasil nas quartas-de-final. Mas, pelo nível apresentado da China, a vitória é mais do que obrigação.
No jogo mais esperado do dia, os Estados Unidos passaram facilmente pela China, no basquete masculino. Uma das principais atrações dos jogos, os astros da NBA impuseram seu melhor jogo, não permitindo qualquer chance aos mandantes. Destaque para LeBron James e Dwane Wade, com 18 e 19 pontos anotados, respectivamente. O terceiro quarto foi fundamental, pois nele os EUA deslancharam, e garantiram a vitória. Os americanos procuram recuperar a hegemonia no basquete mundial. Essa vitória de hoje nos mostrou a disposição dos inventores do esporte em alcançar a façanha.

Principais resultados:

Vôlei feminino (praia)


Grupo B
Walsh/May (EUA) 2x0 Saiki e Kusuhara (JAP) - 21/12 e 21/15

Grupo D
Goller/Ludwig (ALE) 2x0 Augoustides/Nel (AFS) - 21/12 e 21/14
Xue/Zhang Xi (CHN) 2x1 Koutroumanidou/Tsiartsiani. (GRE) -

Grupo F
Schwaiger/ Schwaiger (AUT) 2x0 Karantasiou/Arvaniti (GRE) – 21/18 e 21/18
Renata/Talita 2x1 Candelas/Garcia (MEX) – (18/21, 21/16 e 15/8)

Vôlei masculino (praia)

Grupo A
Herrera/Mesa (ESP) 2x0 Kais/Vesik (EST) – (21/18 e 23/21)

Grupo B
Plavins/ Samoilovs (LET) 2x0 Rogers/Dalhausser (EUA) – 21/19 e 21/18
Wu/Xu (CHN) 2x0 Gosch/Horst (AUT) – 21/16 e 21/15

Grupo D
Márcio/Fábio Luiz 2x0 Lione/Amore (ITA) – 21/18 e 21/18
Doppler/Gartmayer (AUT) 2x1 Barsuk/Kolodinskiy (RUS) – (21/16, 18/21 e 16/14)

Grupo F
Brink/Dieckmann (ALE) 2x0 Asahi/Shiratori (JAP) – 21/18 e 21/18
Gib/Rosenthal (EUA) 2x0 Boersma/Ronnes (HOL) – 21/16 e 21/15

Polo Aquático masculino

Grupo A - Espanha 16 x 6 Canadá
Hungria 10 x 10 Macedônia

Austrália 12 x 8 Grécia

Grupo B - Sérvia 11 x 7 Alemanha
Croácia 11 x 7 Itália
EUA 8 x 4 China

Natação

100m borboleta- classificadas à final

1- Libby Trickett (AUS) - 57s05
2- Christine Magnuson (EUA) - 57s08
3- Jessicah Schipper (AUS) - 57s43
4- Li Tao (CIN) - 57s54
5- Yafei Zhou (CHN) - 57s68
6- Jemma Lowe (GBR) - 57s78
7- Inge Dekker (HOL) - 58s20
8- Gabriella Silva (BRA) - 58s39

400m medley - masculino

1)Michael Phelps (EUA) 4m03s84 (WR)
2) Laszlo Cseh (HUN) 4m06s16
3) Ryan Lochte (EUA) 4m08s09
4) Alessio Boggiatto (ITA) 4m12s16
5) Luca Marin (ITA) 4m12s47
6) Gergo Kis (HUN) 4m12s84
7) Brian Johns (CAN) 4m13s38
8) Thiago Pereira (BRA) 4m15s40

400m livre - masculino

1- Taehwan Park (COR) - 3m41s86
2- Lin Zhang (CHN) - 3m42s44
3- Larsen Jensen (EUA) - 3m42s78
4- Peter Vanderkaay (EUA) - 3m43s11
5- Oussama Mellouli (TUN) - 3m43s45
6- Grant Hackett (AUS) - 3m43s84
7- Yuriy Prilukov (RUS) - 3m43s97
8- Nikita Lobintsev (RUS) - 3m48s29

400m medley – feminino

1-Stephanie Rice (AUS) - 4m29s45 (WR)
2- Kirsty Coventry (ZIM) - 4m29s89
3- Katie Hoff (EUA) - 4m31s71
4- Elizabeth Beisel (EUA) - 4m34s24
5- Alessia Filippi (ITA) - 4m34s34
6- Hannah Miley (GBR) - 4m39s44
7- Yana Martynova (RUS) - 4m40s04
8- Li Xuanxu (CHN) - 4m42s11

100m peito - classificados para a final:

1) Alexander Dale Oen (NOR) 59s16 (RO)
2)Kosuke Kitajima (JAP) 59s55
3) Brenton Rickard (AUS) 59s65
4) Hugues Duboscq (FRA) 59s83
5) Brendan Hansen (EUA) 59S94
6) Roman Sludnov (RUS) 1m00s10
7) Mark Gangloff (EUA) 1m00s44
8) Igor Borysik (UCR) 1m00s55

4x100 livre (feminino) – resultado final:

1) Holanda (Inge Dekker, Ranomi Kromowidjojo, Femke Heemskerk e Marleen Veldhuis) - 3m33s76
2- Estados Unidos (Natalie Coughlin, Lacey Nymeyer, Kara-Lynn Joyce e Dara Torres)- 3m34s33
3- Austrália (Cate Campbell, Alice Mills, Melanie Schlanger e Libby Trickett) - 3m35s05
4- China (Yingwen Zhu, Yi Thang, Yanwei Xu e Jiaying Pang) - 3m35s64
5- Alemanha (Britta Steffen, Meike Freitag, Daniela Gotz e Antje Buschschulte) -3m36s85
6- França (Celine Couderc, Alena Popchanka, Ophelie-Cyrielle Etienne e Malia Metella) - 3m37s68
7- Grã Bretanha (Francesca Halsall, Caitlin McClatchey, Jessica Sylvester e Melanie Marshall) - 3m38s18
8- Canadá (Julia Wilkinson, Erica Morningstar, Genevieve Saumur e Audrey Lacroix) - 3m38s32
100m costas (feminino)
Classificadas para as semifinais:


1. Kirsty Coventry ZIM 59s00
2. Reiko Nakamura JAP 59s36
3. Anastasia Zueva RUS 59s61
4. Natalie Coughlin EUA 59s69
5. Laure Manaudou FRA 1m00s09
6. Gemma Spofforth GBR 1m00s11
7. Margaret Hoelzer EUA 1m00s13
8. Hanae Ito JAP 1m00s16
9. Emily Seebohm AUS 1m00s27
10. Julia Wilkinson CAN 1m00s38
11. Antje Buschschulte ALE 1m00s48
12. Elizabeth Simmonds GBR 1m00s53
13. Nina Zhivanevskaya ESP 1m00s54
14. Sophie Edington AUS 1m00s65
15. Elizabeth Coster NZL 1m00s66
16. Kseniya Moskvina RUS 1m00s70

100m peito feminino - Classificadas para as semifinais:

1 Leisel Jones AUS 1m05s64

2 Yuliya Efimova RUS 1m06s08
3 Mirna Jukic AUT 1:07.06
4 Rebecca Soni EUA 1:07.44
5 Suzaan van Biljon AFS 1:07.55
6 Ye Sun CHN 1:07.81
7 Tarnee White AUS 1:07.83
8 Joline Hostman SUE 1:07.91
9 Megan Jendrick EUA1:08.07
10 Jillian Tyler CAN 1:08.13
11 Kate Hatwood GBR 1:08.18
12 Huijia Chen CHN 1:08.24
13 Annamay Pierse CAN 1:08.25
14 Kirsty Balfour GBR 1:08.30
15 Asami Kiitagawa JAP 1:08.36
16 Elise Mattysen BEL 1:08.37

100m costas - feminino
Classificadas para as semifinais:

1. Kirsty Coventry ZIM 59s00
2. Reiko Nakamura JAP 59s36
3. Anastasia Zueva RUS 59s61
4. Natalie Coughlin EUA 59s69
5. Laure Manaudou FRA 1m00s09
6. Gemma Spofforth GBR 1m00s11
7. Margaret Hoelzer EUA 1m00s13
8. Hanae Ito JAP 1m00s16
9. Emily Seebohm AUS 1m00s27
10. Julia Wilkinson CAN 1m00s38
11. Antje Buschschulte ALE 1m00s48
12. Elizabeth Simmonds GBR 1m00s53
13. Nina Zhivanevskaya ESP 1m00s54
14. Sophie Edington AUS 1m00s65
15. Elizabeth Coster NZL 1m00s66
16. Kseniya Moskvina RUS 1m00s70

400m livre – feminino
Classificadas para a final:

1 Federica Pellegrino ITA 4m02s19
2 Rebecca Adlington GBR 4m02s24
3 Katie Hoff USA 4m03s71
4 Joanne Jackson GBR 4m03s80
5 Bronte Barratt AUS 4m04s16
6 Coralie Balmy FRA 4m04s25
7 Camelia Alina Potec ROM 4m04s55
8 Laure Manaudou FRA 4m04s93

Revezamento 4x100m masculino
Classificados à final

1) EUA 3m12s23
2) FRA 3m12s36
3) AUS 3m12s41
4) ITA 3m12s65
5) SUE 3m12s73
6) AFR 3m13s06
7) CAN 3m13s68
8) GBR 3m13s69

Vôlei masculino

Grupo A
Itália 3x1 Japão – (25/19, 25/18, 23/25 e 25/17)
EUA 3x2 Venezuela - (25/18, 25/18, 22/25, 21/25 e 15/10)
Bulgária 3x1 China – (25/20, 25/21, 26/28 e 25/19)

Grupo B
Rússia 3x1 Sérvia – (20/25, 25/21, 25/22 e 25/14)
Polônia 3x0 Alemanha – (25/17, 33/31 e 25/20)

Pistola de ar, 10m - Feminino. Resultado final:

1- Guo Wenjun, bateu o recorde de pontuação em finais olímpicas, finalizando a competição com 492,3 pontos.
Judô (feminino – categoria meio-médio, até 52 kg)

Ouro - Dongmei Xian (CHN) – bi campeã olímpica

Judô(masculino – categora meio-médio, até 66 kg)

Ouro – Masato Uchishiba (JAP) – bi campeão olímpico – imobilização

Basquete masculino

Grupo A

Rússia 71x49 Irã – cestinha: Holden (RUS) – 19 pontos
Argentina 75x79 Lituânia – cestinha: Ginobili (ARG) – 19 pontos
Croácia 97x82 Austrália – cestinha: Nikola Prkacin (CRO) – 16 pontos


Grupo B
Espanha 81x66 Grécia – cestinha: Rudy Fernandez (ESP) – 16 pontos
EUA 101x70 China – cestinha: Dwayne Wade (EUA) – 19 pontos
Alemanha 95x66 Angola – cestinha: Chris Kaman (ALE) – 24 pontos

Handebol masculino

Grupo A
Croácia 31x29 Espanha
Brasil 26x34 França
Polônia 33x19 China

Grupo B
Islândia 33x31 Rússia
Alemanha 27x23 Coréia do Sul
Dinamarca 23x23 Egito

Boxe

Myke Carvalho 11x15 Richarno Colin (Ilhas Maurício)

Saltos Ornamentais (feminino)

1) Jingjing Guo e Minxia Wu - trampolim de 3m - 343,50 pontos

Remo – double skiff feminino

1 – Holanda - 6:50.90
2 – Austrália – 6:53.23
3 – Estados Unidos – 6:53.32
4 – México – 7:11.71
5 – Brasil – 7:25.90
6 – Cazaquistão – 7:29.07

Ciclismo estrada- feminino

1) Nicole Cooke (GBR) - 3h32m24s
2) Emma Johansson (SUE)
3) Tatiana Guderzo (ITA)
51) Clemilda Silva – 3h41m01s

Futebol masculino

Grupo A
Argentina 1x0 Austrália
Sérvia 2 x 4 Costa do Marfim

Grupo B
Nigéria 2x1 Japão
Estados Unidos 2 x 2 Holanda

Grupo C
Brasil 5x0 Nova Zelândia
Bélgica 2 x 0 China

Grupo D
Camarões 1x0 Honduras
Itália 3 x 0 Coréia

Ginástica artística feminina

Classificados para a final por equipes:
1 - China – 248.275
2 - Estados Unidos – 246.800
3 - Rússia – 244.400
4 - Romênia – 238.425
5 - Austrália – 235.450
6 - França – 233.875
7 – Brasil - 233.800
8 - Japão – 233.175

Classificadas para a final do individual geral:
1 - Shawn Johnson (EUA) - 62.725
2 - Nastia Liukin (EUA) - 62.375
3 - Yang Yilin (CHN) - 62.350
4 - Ksenia Semenova (RUS) - 61.475
5 - Anna Pavlova (RUS) - 60.900
7 - Jiang Yuyuan (CHN) - 60.625
8 - Steliana Nistor (ROM) - 60.500
12 - Jade Barbosa (BRA) - 59.500
13 - Sandra Izbasa (ROM) - 59.375
14 - Oksana Chusovitina (ALE) - 59.375
15 - Shona Morgan (AUS) - 59.075
17 - Koko Tsurumi (JAP) - 58.975
18 - Georgia Bonora (AUS) - 58.900
19 - Elyse Hopfner-Hibbs (CAN) - 58.650
20 - Marine Petit (FRA) - 58.350
21 - Vanessa Ferrari (ITA) - 58.300
22 - Laetitia Dugain (FRA) - 58.275
23 - Lia Parolari (ITA) - 58.200
24 - Becky Downie (GBR) - 58.075
25 - Ariella Kaslin (SUI) - 58.050
26 - Kristyna Palesova (TCH) - 57.800
27 - Kyoko Oshima (JAP) - 57.625
28 - Ana Claudia da Silva (BRA) - 57.575
31 - Gaelle Mys (BEL) - 57.150
obs.: São permitidas apenas duas atletas, por país.

Classificadas para a final do solo:
1 – Fei Cheng (CHN) – 15.750
2 – Sandra Izbasa (ROM) – 15.475
3 – Shawn Johnson (EUA) – 15.425
4 – Nastia Liukin (EUA) – 15.350
5- Daiane dos Santos (BRA) – 15.275
6 – Ekaterina Kramarenko (RUS) – 15.150
7 – Anna Pavlova (RUS) – 15.125
8 – Yuyuan Jiang (CHN) – 15.050


Classificadas para a final do salto:
1 – Fei Cheng (CHN) - 15.912
2 – Jong Un Hong (COR) – 15.725
3 – Alicia Sacramone (EUA) – 15.625
4 - Oksana Chusovitina (ALE) - 15.525
5 – Anna Pavlova (RUS) – 15.275
6 – Carlotta Giovannini (ITA) – 15.137
7 – Jade Barbosa (BRA) - 15.050
8 – Ariella Kaslin (SUI) – 14.975

Classificadas para a final da trave:
1 – Shanshan Li (CHN) – 16.125
2 – Nastia Liukin (EUA) - 15.975
3 - Shawn Johnson (EUA) – 15.975
4 – Fei Cheng (CHN) – 15.875
5 – Anna Pavlova (RUS) – 15.825
6 – Ksenia Afanasyeva (RUS) – 15.775
7 – Gabriela Dragoi (ROM) – 15.450
8 – Koko Tsurumi (JAP) - 15.425

Classificadas para a final das barras paralelas:
1 – Yilin Yang (CHN) – 16.650
2 – Ksenia Semenova (RUS) – 16.475
3 – Anastasia Koval (UCR) – 16.325
4 – Steliana Nistor (ROM) - 15.975
5 – Nastia Liukin (EUA) - 15.950
6 – Kexin He (CHN) - 15.725
7 – Dariya Zgoba (UCR) – 15.675
8 – Beth Tweddle (GBR) - 15.650

Quadro de medalhas:

7 comentários:

Rafael Lacerda disse...

Grande José Edgar, nosso sportsman sempre pronto.

A melhor cobertura das Olimpíadas, direto de Pequim!

Thiago Dias disse...

Cara, não tem oomo vencer Phelps e pronto. O cara literalmente nasceu pra nadar, o corpo dele é moldado pra isso

Nadiesda Dimambro disse...

Meu, ou esse nadador é ninja, ou é filho do chuck noris! UHAUAHUHUAHU

Essa cobertura das Olimpíadas aqui no bola tá muito porfissional!
José Edgar de Matos tá de parabéns :)

José Edgar de Matos disse...

Rafa e Nadiesda Dimambro, obrigado pelos elogios!

E sim, o Phelps é invencível.

Anônimo disse...

I found this site using [url=http://google.com]google.com[/url] And i want to thank you for your work. You have done really very good site. Great work, great site! Thank you!

Sorry for offtopic

Anônimo disse...

Who knows where to download XRumer 5.0 Palladium?
Help, please. All recommend this program to effectively advertise on the Internet, this is the best program!

Anônimo disse...

Where is admin?!
Thank for all

Posts mais lidos