quinta-feira, 8 de maio de 2008

O "quase-gol" salvou o Corinthians !

Apesar da noite fria na cidade de São Paulo, o torcedor corintiano mais uma vez compareceu em peso para incentivar o time - 46.219 pagantes - e saiu satisfeito pela atuação da equipe.
O São Caetano, conhecido por ser uma “pedra no sapato” do Timão, iniciou melhor a partida. Fechado na defesa e explorando os contra-ataques, o Azulão dava trabalho devido a rapidez de seus homens de frente, Rafinha e Luan. Ainda para ajudar o time de Pintado, o Corinthians errava muitos passes, principalmente com Perdigão.
Apesar do susto inicial, o Corinthians equilibrou o jogo após os primeiros 15 minutos, e reclamou. Herrera criou uma jogada pela linha de fundo, e no cruzamento a bola desviou na mão do zagueiro Leonardo, pênalti não assinalado pelo árbitro Rodrigo Bragheto.
Insinuante pelas jogadas laterais, principalmente com Lulinha e Dentinho, o Timão pendurava os jogadores do Azulão. Até que aos 34 minutos do primeiro tempo, o Corinthians ficou em vantagem numérica. Em uma jogada individual pela ponta esquerda, o jovem Dentinho sofreu uma falta dura de Wilton Goiano, como o lateral do São Caetano já tinha o cartão amarelo, foi presenteado com a expulsão, prejudicando demasiadamente a sua equipe.
Com a vantagem numérica o jogou mudou completamente. O Corinthians passou a pressionar o adversário. Com a marcação adiantada, obrigava o time do ABC a utilizar a ligação direta, praticamente devolvendo a bola ao alvinegro, que iniciava uma nova jogada de ataque.
No retorno do intervalo, o técnico Mano Menezes resolveu mudar o time. Sacou o criticado Perdigão e o meio-campo Diogo Rincón , e colocou o estreante Eduardo Ramos, oriundo do Anápolis, e o “lula-molusco” Acosta.
Mais ofensivo, o Corinthians não permitia ao São Caetano sequer respirar. Exigindo muitas defesas do goleiro Luis, o time paulistano era melhor e já merecia o gol.
De tanto insistir, ele veio. Após uma roubada de bola de Lulinha, o camisa 19 cruzou na cabeça do argentino Herrera, que contando com uma falha do arqueiro do Azulão abriu o marcador.
Com a vantagem no placar, o Corinthians continuou a pressão, principalmente nos escanteios e bolas paradas. O goleiro Luis fez defesas fantásticas, e graças a sua atuação o time do ABC não sofreu um massacre.
E novamente aquele jargão tão tradicional no futebol, “quem não faz toma”, apareceu. De tanto pressionar, o Corinthians abdicou da defesa, e foi castigado aos 38 da segunda etapa. Em um contra-ataque mortal, Luan venceu o zagueiro Willian na velocidade e empatou o jogo para o São Caetano, um banho de água fria no alvinegro. O Morumbi se calava.
Porém, o gol de Luan não pode nem ser comemorado por muito tempo. Dentinho cruzou na cabeça de Herrera, que pela segunda vez balançou as redes e incendiou os “loucos por ti Corinhians”. O argentino, conhecido no seu país por ser "quase gol", desencantou e fez a alegria da Fiel Torcida.
Gol fundamental nas pretensões do alvinegro, que conquistou a vantagem no confronto. Com a vitória, o Corinthians jogará na próxima terça feira, no estádio Santa Cruz, em Ribeirão Preto, necessitando de um simples empate para garantir a vaga nas semifinais da Copa do Brasil. Mas antes disso, o Corinthians recebe o CRB, no Pacaembu, pela rodada de abertura da Série B. E acompanharemos de perto a campanha corintiana rumo ao lugar de que nunca deveria ter saído, a Série A.

3 comentários:

Mônica Alves disse...

Que o Corinthians não está entre os 10 melhores times da atualidade, é óbvio. Mas isso não é surpresa para um time que foi completamente reformulado. Por isso, os resultados do time são mais do que satisfatórios.
E ainda digo mais: seremos campões da segundona com um mês de antecedência. Nos aguardem :D

Thiago Dias disse...

Troque sua foto cara, ela caiu do servidor.

Outra coisa, finalmente o Mano conseguiu começar a forma um time no Corinthians, o que é muito dificil com aquele elenco. Outra coisa foi finalmente trabalhar e deixar de acreditar que a torcida e a tradição vão jogar sozinhos, coisa que o Corinthians vem fazendo a muitooo tempo!

*finalmente alguem pra escrever sobre futebol além de mim

LAU disse...

ah não, futebol de novo não, todo mundo jah fala disso, pra q mais ?

Posts mais lidos