sexta-feira, 9 de maio de 2008

Os 249 anos¹ da "Loira" Irlandesa

"What lies ahead? Who can ever know. For I have some wit and little resources. Yet my destiny is clear. I shall be a brewer in a city of brewers" - Arthur Guinness


No ano de 1759, Arthur Guinness, seguindo um sonho e uma tradição de família, usou a pequena herança que tinha recebido para comprar a velha e mal-cuidada cervejaria de St. James Gate, no centro de Dublin. A rua já abrigava varias outras indústrias do mesmo tipo, pois possuía uma grande quantidade de água fresca, mas a partir daquele ano passaria a acolher também a maior e mais famosa cerveja Stout de todo os tempos: Guinness.

Dez anos depois de sua fundação as exportações da cerveja começaram. Mas na época o mercado dos fermentados era extremamente difícil. Taxas de importação favoreciam as indústrias de Londres, enquanto na Irlanda rural a cerveja ainda não era um produto muito consumido, sofrendo forte concorrência do Gin e do Whiskey. Apesar disso, para algumas poucas cervejarias, como a da Rua St. James, foi um tempo de prosperidade, e muito se deveu a seu produto diferenciado.

A cerveja produzida por Arthur era de um tipo diferente daquela conhecida na Irlanda. Chamada de Porter, por ter ficado famosa entre os estivadores (ou porters) de Londres, levava cevada e maltes torrados, o que garantia uma cor escura e um agradável sabor amargo. E em 1799, Arthur decide que não mais produziria nenhum outro tipo de bebida - incluindo as famosas Ales Irlandesas - para dedicar-se apenas às Porters. Como um bom Gaélico, Guinness apostou e acertou em cheio: suas cervejas desbancaram grande parte do mercado Inglês e Irlandês e, em 1838, St. James Gate já era a maior cervejaria de toda a Irlanda.

O selo oval com a assinatura de Arthur Guinness e a harpa foi introduzido em 1862 e o instrumento, símbolo tanto da cerveja quando do seu país de origem, seria registrado quatorze anos depois. Os anos que se seguiram foram marcados por recordes sucessivos. Com representações em todos os continentes, foi em 1886 que a companhia torna-se a maior cervejaria do mundo, com uma exportação anual de mais de um milhão de barris, chegando ao ponto de, em 1906, uma a cada trinta pessoas de Dublin ser sua contratada.

Apesar de ter perdido o título de maior cervejaria do mundo (atualmente detido pela InBev), ainda permanece como a número um na produção e consumo de Stout Beer, com mais de 1.8 bilhões de pints vendidos por ano. Hoje a cerveja é fermentada e produzida em quase 50 países ao redor do mundo, porém sua matriz continua sendo em St. James Gate, como a 249 anos atrás, quando um jovem aristocrata nem pensava no tamanho do império negro de colarinho branco que estava prestes a construir.

E como diriam os Irlandeses: Sláinte chuig na fir, agus go mairfidh na mná go deo!²

¹ Sim, eu sei que 249 é tosco, mas se eu não postasse esse ano eu esqueceria de fazê-lo em 2009, ok?
² Saúde aos homens e que as mulheres vivam para sempre!

7 comentários:

Thiago Dias disse...

Uau, não acredito nisso! Houve um tempo em que não se bebia cerveja na Irlanda! Impossivel de se imaginar

Nadiesda Dimambro disse...

Super interessante a trajetória dessa cerveja... pena seu idealizador nao ser imortal para ver o tamanho do império que construiu, e o quão duradouro ele já é.
:)

Pedro disse...

Excelentes notas de rodapé, que deram um trato mais "cultural" ao texto.

E me lembra de acalmar sua ansiedade antes de escrever sobre esses assuntos, hahahaha.

(acalmar nada, se toda vez sair um texto desses, eu fico é muito grato)

Mônica Alves disse...

Tinha que ter um rodapé incluindo mulheres no assunto cerveja, não é mesmo?! HAHAHAHA

Mel disse...

espera! quando tu disse guiness tu tava falando de cerveja?!?! rapaz, como é que pode?! XDDD

eu definitivamente preciso começar a beber.

Pedro disse...

"Tinha que ter um rodapé incluindo mulheres no assunto cerveja, não é mesmo?! HAHAHAHA"

Não deixa de ser cultura, nem que seja de bar, hahahahahaha

Rafael Lacerda disse...

Como o Pedro disse, foi um toque cultural

Mas eu posso mudar, afinal os Irlandeses possuem 10mil maneiras de falar "Saúde!" xD

Posts mais lidos